Igreja de Santo Estêvão

Igreja de Santo Estêvão ou Santuário do Santo Milagre é um templo de raiz românica, de três naves com colunas toscanas, foi profundamente remodelado no séc. XVI. Com fachada renascentista (algo incaracterística) tem como elementos mais salientes os azulejos, os arcos das capelas absidais e um coruchéu piramidal azulejado saliente da capela-mor Nesta encontra-se o Sacrário que contém a relíquia do Santíssimo Milagre, do século XIII. É um centro de culto e peregrinação, celebrando-se em sua honra uma procissão solene no dia 7 de Abril.

A relíquia do Santíssimo Milagre é um Hóstia Sagrada, que terá protagonizado um milagre, da conversão de uma mulher e do seu marido infiel. A mulher terá recorrido a feitiçarias para modificar a atitude do marido que a ofendia, para o efeito precisava de uma hóstia benzida. Quando ia levar a cabo a bruxaria, o véu que envolvia a hóstia estava encharcado de sangue. Assustada levou-a para casa, contando o sucedido ao marido. De noite uma luz intensa, vinda da arca onde estava a hóstia espalhava-se, iluminado a casa. Prostraram-se os dois, e oraram. Tendo conhecimento do milagre, o pároco levou a sagrada hóstia para a Igreja de Santo Estêvão. A hóstia foi conservada em cera, e milagrosamente apareceu envolta numa âmbula de cristal. Actualmente a âmbula está numa custódia de prata dourada no sacrário.

Cultura

Imprimir

Deixe o seu comentário

Tem de estar logado para poder comentar.

Enviar a um amigo

Contactar Responsável